A Epistemologia Social de Steve Fuller: Superando a “Anemia Política” dos Science Studies?

Por: ANDRÉ LUIS DE OLIVEIRA MENDONÇA

Resumo:

Steve Fuller tem começado a ser visto, com justiça, como um dos mais eminentes filósofos da
ciência da atualidade. A epistemologia social, abordagem pretensamente normativa criada
por Fuller no final dos anos 1980, vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo. Nesse
artigo, eu busco apreender, em uma perspectiva crítica, o pensamento fulleriano em sua
relação com o movimento denominado science studies. O que eu defendo aqui é a interseção
frutífera entre as decrições contextualizadas sobre a ciência fornecidas pelos praticantes dos
science studies e as prescrições universalizantes propostas por Fuller, embora ela ainda esteja
por ser devidamente concretizada.

Palavras-chave : Epistemologia Social, Filosofia Política da Ciência, Latour, Science Studies,
Steve Fuller

Para ler o artigo completo: MENDONCA_FullerScienceStudies

Anúncios

Sobre estudosdects

Oficializado junto ao CNPq em 2010, este grupo existe informalmente desde 2004, ano em que o prof. dr. Antonio Augusto Passos Videira começou a ministrar disciplinas no Programa de Pós-Graduação em Filosofia especificamente voltadas para os problemas, temas e autores dos chamados Science Studies. O objetivo, ao ministrar tais disciplinas, era apresentar aos alunos do PPGFil uma nova perspectiva para a análise da ciência que abarcasse outros eixos teóricos que não apenas aqueles tradicionalmente empregados pela Filosofia. Esses outros eixos temáticos incluem a História e a Sociologia das Ciências. No entanto, e diferentemente do que se pode esperar da perspectiva dos Science Studies, o grupo em torno do prof. Antonio Augusto Videira considera relevante analisar a ciência a partir das suas implicações e/ou pressupostos ontológicos e metafísicos. Desse modo, ocorre também uma ampliação no recurso que se faz da Filosofia, uma vez que esta última não se resume à Filosofia da Ciência. Em outras palavras, a ciência é mais do que apenas um tipo específico de conhecimento sobre a natureza.
Esse post foi publicado em Artigos, Nossas Publicações, Nossos Artigos, Publicações e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s