Palestras: Prof. Steve Fuller (University of Warwick) no Brasil

Steve Fuller, professor da University of Warwick, é um dos estudiosos da ciência mais ousados e originais dos últimos tempos. Tornou-se um intelectual público de renome internacional que vem participando, de modo ativo e corajoso, de várias discussões referentes às relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Um dos temas polêmicos que vem trabalhando é o do  “Design Inteligente x Darwinismo”. Além disso, Fuller é um dos principais mentores da chamada Epistemologia Social – uma das vertentes dos estudos sociais sobre ciência, que se destaca por seu caráter crítico. Seu grande projeto reconcilia a filosofia tradicional com trabalhos dos estudos sociais empíricos. Em tempos de valores neoliberais e de comoditização  da ciência Fuller defende um papel preponderante para as universidades no processo de constituição de uma nova governança da ciência ancorado em valores mais democráticos e republicanos. Possui vasta produção intelectual, apesar disso somente seu livro “O Intelectual” (2005) foi traduzido para o Português. Seus dois último livros são: The Proactionary Imperative: A Foundation for Transhumanism (with Veronika Lipinska), Palgrave Macmillan (2014) e Knowledge: The Philosophical Quest in History, Acumen  (2014).

Local: Auditório do Instituto de Medicina Social (IMS) da UERJ. Rua São Francisco Xavier, 524, Pavilhão João Lyra Filho, bloco E. 6º andar / auditório 6021. Maracanã, Rio de Janeiro CEP 20550-013
Tels:  (21) 2334-0235 / 2334-0354 / 2334-0472 / 2334-0504 -FAX: (21) 2334-2152. Correio eletrônico: secretaria@ims.uerj.br

25/08 (15h-17h): Realmente importa se a ciência é financiada por capital  público ou privado? Em direção à uma visão desmistificada da distinção público/privado na produção de conhecimento.
26/08 (10h-12h): “É a humanidade um experimento falido ou um projeto em espera para ser levado à um outro nível: As promessas e os perigos da “Humanidade 2.0”.

Anúncios

Sobre estudosdects

Oficializado junto ao CNPq em 2010, este grupo existe informalmente desde 2004, ano em que o prof. dr. Antonio Augusto Passos Videira começou a ministrar disciplinas no Programa de Pós-Graduação em Filosofia especificamente voltadas para os problemas, temas e autores dos chamados Science Studies. O objetivo, ao ministrar tais disciplinas, era apresentar aos alunos do PPGFil uma nova perspectiva para a análise da ciência que abarcasse outros eixos teóricos que não apenas aqueles tradicionalmente empregados pela Filosofia. Esses outros eixos temáticos incluem a História e a Sociologia das Ciências. No entanto, e diferentemente do que se pode esperar da perspectiva dos Science Studies, o grupo em torno do prof. Antonio Augusto Videira considera relevante analisar a ciência a partir das suas implicações e/ou pressupostos ontológicos e metafísicos. Desse modo, ocorre também uma ampliação no recurso que se faz da Filosofia, uma vez que esta última não se resume à Filosofia da Ciência. Em outras palavras, a ciência é mais do que apenas um tipo específico de conhecimento sobre a natureza.
Esse post foi publicado em Divulgação de eventos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s