The Institute for Science, Innovation and Society (InSIS)

Site  sugerido por Antonio Augusto P Videira

The Institute for Science, Innovation and Society (InSIS) researches and informs key contemporary and emerging issues and processes of social, scientific, and technological change. We combine the highest standards of scholarship and relevance to pursue and disseminate timely research in the UK and worldwide. We collaborate with leading thinkers around the world and welcome them to Oxford as visiting researchers. We nurture early career researchers through research fellowships in our various programmes.

InSIS is based at Oxford University’s School of Anthropology and Museum Ethnography, one of the world’s largest and most vibrant centres for teaching and research in the field.

InSIS is a member of the Oxford Martin School, established at the University of Oxford in 2005 to foster innovative thinking to address the issues of the 21st Century.

As an interdisciplinary institute, InSIS welcomes the participation of researchers from all departments of the University of Oxfordin its research programmes and outreach activities.

InSIS receives funding from the Oxford Martin School, the European Research Council, the UK Economic and Social Research Council, the CSPVM Trust and other public and private agencies.

Segue o link do site:

http://www.insis.ox.ac.uk/

Anúncios

Sobre estudosdects

Oficializado junto ao CNPq em 2010, este grupo existe informalmente desde 2004, ano em que o prof. dr. Antonio Augusto Passos Videira começou a ministrar disciplinas no Programa de Pós-Graduação em Filosofia especificamente voltadas para os problemas, temas e autores dos chamados Science Studies. O objetivo, ao ministrar tais disciplinas, era apresentar aos alunos do PPGFil uma nova perspectiva para a análise da ciência que abarcasse outros eixos teóricos que não apenas aqueles tradicionalmente empregados pela Filosofia. Esses outros eixos temáticos incluem a História e a Sociologia das Ciências. No entanto, e diferentemente do que se pode esperar da perspectiva dos Science Studies, o grupo em torno do prof. Antonio Augusto Videira considera relevante analisar a ciência a partir das suas implicações e/ou pressupostos ontológicos e metafísicos. Desse modo, ocorre também uma ampliação no recurso que se faz da Filosofia, uma vez que esta última não se resume à Filosofia da Ciência. Em outras palavras, a ciência é mais do que apenas um tipo específico de conhecimento sobre a natureza.
Esse post foi publicado em sites sugeridos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s