Inovar para quê?

Revista  mensal eletrônica de jornalismo científico ComCiência,  número 150, publicada pelo Labjor e pela SBPC sugerida por Antonio Augusto P Videira. O tema desta edição é “Inovação”.

Carlos Vogt
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&tipo=1112

Artigos

– Inovação no Brasil – A hora de uma verdadeira interação entre competitividade e CT&I
Maria Beatriz M. Bonacelli
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1107

– Inovação e desenvolvimento: entraves e causas históricas
Mario Sergio Salerno
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1104

– O financiamento à inovação no Brasil
Solange Corder e Antônio Márcio Buainain
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1111

– Pesquisa de inovação: um poderoso instrumento para diagnóstico, desenho, implementação e monitoramento de políticas na área deC,T&I
Alessandro Maia Pinheiro
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1106

– Criatividade, cultura e inovação: uma profusão de “modelos” e o desafio da reorientação do desenvolvimento
Rosana Icassatti Corazza, Rodrigo C. Sabbatini, Leandro Valiati
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1105

– Segundo uso médico de compostos químicos
Maria Lúcia Abranches da Silva, Adelaide Maria de Souza Antunes e Adriana Campos Moreira Britto
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1102

Reportagens

– Desafios e perspectivas para a inovação no campo
Cintia Cavalcanti
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1114

– Fatores que limitam a inovação e estratégias de crescimento
Paula Pereira
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1113

– Tecnologia social: a inovação a favor do desenvolvimento e da inclusão
Maria Marta Avancini
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1101

– O empreendedorismo em universidades
Ricardo Schinaider de Aguiar
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1110

– China e Chile, dois países que podem inspirar o Brasil
Júlia Melare
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&edicao=90&id=1109

Entrevista – David Kupfer
Entrevistado por Ricardo Manini
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&tipo=entrevista&edicao=90

Resenha – Inovação aberta em números
Por Meghie Rodrigues
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&tipo=resenha&edicao=90

Poema- Amor bandido
Carlos Vogt
http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&id=1108&edicao=90

Notícias
http://www.comciencia.br/comciencia/handler.php?module=comciencia&action=view&section=3

– Antropólogos se reúnem para pensar a AL e o mundo em Córdoba
– Vacina pretende utilizar nanopartículas de ouro para imunização
– Descoberto papel de proteína no processo que leva ao diabetes
– Unidades de Conservação de proteção integral tem IDH alto, mas distribuição de riqueza ruim
– Nova hipótese desafia modelos de adaptação sobre o andar bípede de ancestrais humanos
– Estrutura única de escamas de cobra pode ajudar na tecnologia de painéis solares

_______________________________________________
Labjor/Unicamp
http://www.labjor.unicamp.br

Anúncios

Sobre estudosdects

Oficializado junto ao CNPq em 2010, este grupo existe informalmente desde 2004, ano em que o prof. dr. Antonio Augusto Passos Videira começou a ministrar disciplinas no Programa de Pós-Graduação em Filosofia especificamente voltadas para os problemas, temas e autores dos chamados Science Studies. O objetivo, ao ministrar tais disciplinas, era apresentar aos alunos do PPGFil uma nova perspectiva para a análise da ciência que abarcasse outros eixos teóricos que não apenas aqueles tradicionalmente empregados pela Filosofia. Esses outros eixos temáticos incluem a História e a Sociologia das Ciências. No entanto, e diferentemente do que se pode esperar da perspectiva dos Science Studies, o grupo em torno do prof. Antonio Augusto Videira considera relevante analisar a ciência a partir das suas implicações e/ou pressupostos ontológicos e metafísicos. Desse modo, ocorre também uma ampliação no recurso que se faz da Filosofia, uma vez que esta última não se resume à Filosofia da Ciência. Em outras palavras, a ciência é mais do que apenas um tipo específico de conhecimento sobre a natureza.
Esse post foi publicado em revista sugerida e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s